Presenteando um amigo com vinho

Author: Ricardo Soares - Postado em: 18/12/2008
Relacionado as categorias: Diversos |  





Um amigo me pediu algumas dicas sobre vinhos para dar de presente, não sou especialista, mas vou compartilhar minha resposta.

Vinho é algo muuuuito complexo de acertar, tem muita variação, para você ter uma idéia os vinhos produzidos no começo do ano não tem o mesmo gosto do mesmo vinho produzido no meio do ano! O próprio aspecto do indivíduo que você quer presentear influencia muito no que você deve escolher, não digo apenas aspecto visual mas aspectos culturais (ambiente que vive e nasceu, musica que gosta, trabalho que faz, bla bla bla). Mas vou tentar lhe dar umas dicas.

Pra começar o preço do vinho é algo que particularmente não julgo ser tão importante assim, na maior parte das vezes o escolhido pode ser um entre R$ 15,00 a R$ 20,00.

Uma boa opção, principalmente para os Ararunenses, é o Alfajor que é uma produção de Maringá. Um Frances, amigo do tio Chico, até elogiou a produção deles.
O Marcus James não é ruim, é da Aurora lá do Rio Grande do Sul, uma vinícula muito gabaritada e conhecida no Brasil. É um vinho tradicional e bem reconhecido aqui no Brasil e na América do Sul.
O Chileno Ponte de Piedra geralmente tem boa safra e tem a opção de uma garrafa de 1,5L que acho muito legal :) Este inclusive eu já levei para Araruna algumas vezes.
O Santa Helena é argentino e é razoável, se fosse possível comparar acho que seria similar ao Marcus James.
O Almaden é brasileiro e é muuito bom com um preço muito acessível com uma boa variedade de opções (branco, tinto, rose, seco, demi-sec e suave.)

Agora vinho que eu gosto mesmo, que se um dia algum amigo quiser me presentear :) …, enfim é …
Granja União, RS; Conde de Foucauld, RS
O Conde de Foucauld inclusive já ganhou um premio de melhor vinho brasileiro em uma safra de 2002, se não me engano.

As frutas e a época do cultivo influenciam totalmente no gosto final do vinho, particularmente tive um tempo de vício em uvas do tipo Cabernet, em especial a Cabernet Sauvignon Tinto, o que me fazia experimentar muita variedade de vinhos com uvas como ela e a Merlot. Gosto muito de uvas vermelhas, nunca fui muito fã de uvas brancas e não acho muito legal o vinho rose que mistura os dois tipos, dizem que meu provável próximo estágio de bêbado é gostar de uvas brancas, mas ainda não cheguei lá. Recentemente experimentei uma variedade de Riesling (Branca), eu sempre gelava muito este vinho e não conseguia perceber o gosto da uva, outro dia tomei um pouco à temperatura ambiente e pude perceber o gosto da uva, fiquei …, bem  …, maravilhado com o vinho, agora Syrah e Chardonay eu não gosto.

Quanto ao tipo de vinho em si, bem, se ele não tem costume de tomar vinho indico para você entregar para ele um suave ou um demi-sec, o suave é o doce e o demi-sec é um seco para quem não gosta de seco. Se ele tem o costume de tomar vinho, mas costume de verdade, tipo uma ou duas garrafas por semana, no mínimo, então entrega um seco, é bem provável que ele já esteja neste nível, do contrário tenta encontrar um demi-sec, procure vinhos vermelhos pois provavelmente ele vai querer tomar com um macarrão ou uma lazanha, ou qualquer comida em geral. Se ele for uma pessoa mais simples tente dar para ele um vinho mais simples que não seja nem tão caro nem tão inacessível que ele não possa comprar mais uma garrafa outro dia, o princípio de presentear com um vinho é fazer com que o seu amigo sempre que vá comprar um vinho e ver a garrafa do que ganhou de você lembre de você e do vinho que ganho. O Almaden em geral é uma boa pedida, mesmo que ele seja um pouco mais requintado e principalmente se ele não tem o costume de tomar vinho, e se errar ainda pode falar “… bem, é que o presente não é o vinho, é a oportunidade de experimentar algo novo :)”

Pow, ficou tão grande que acho que vou até postar este scrap no meu blog :)













Comments

Leave a Reply






Últimos posts