XEN sobre RHEL6

Author: Ricardo Soares - Postado em: 26/08/2011
Relacionado as categorias: Guias e Tutoriais, Tecnologia, Diversos |  





Depois de muito tempo volto a utilizar o RedHat, estou com o Enterprise Linux por meio do CentOS …., várias dificuldades em tentar (estou enferrujado) utilizar um server box como um desktop box …, mas questões a parte ai vai um tutorial (remember note) de como utilizar o Xen, funcional tanto no RHEL quanto no CentOS 6.

Instalando o XEN
Você precisará de re-compilar o kernel, para isto basta utilizar o yum install (hehehhe) … então vamos lá

#yum install xen virt-manager kernel-xen
#chkconfig xend on

Depois destes comandos você terá que re-inicializar o sistema para que o novo kernel seja carregado, não registrei nenhum problema, mesmo estando com o selinux ativo, por isto se você tiver problemas vai ter que googlear.

Com o sistema já instalado tive dificuldades para criar minha primeira máquina, acredito que por questões de autoridade sendo que o Xen tentou criar as imagens de disco em um diretório “nada haver” …, eu queria criar os arquivos em um diretório dentro do meu usuário, assim seria mais fácil fazer backup para mim pois todos os meus arquivos estão em ~/Documents por isto criei  um arquivo img antes de continuar:
# dd if=/dev/zero of=/srv/xen/mailserver.img oflag=direct bs=1M seek=2047 count=1

Depois foi só cadastrar o arquivo no visual, o comand line estava me apresentando erros, acabei não checando eles, mas o comando seria algo como …
#virt-install –paravirt –name PowerMTA_01 –ram 512 –file ./PowerMTA_01.img –file-size 10 –nographics –location http://mirrors.kernel.org/centos/6/os/x86_64/

Um tutorial mais completo, com vários outros pontos que acabei lidando antes de ir para o Xen em minha máquina e que pode ser útil é o:
http://wiki.xensource.com/xenwiki/RHEL6Xen4Tutorial













Comments

4 Responses to “XEN sobre RHEL6”

  1. admin on October 27th, 2011 3:51 am

    Para fazer um novo disco rigido para ser acoplado ao XEN (sem fazer o disco padrão dele) utilize o comando abaixo:

    # dd if=/dev/zero of=mytestfile.iso bs=1 count=0 seek=1G

    O comando acima pode ser utilizado ainda para fazer um rezise do arquivo, se você criar um com 1G e depois quiser alterar o tamanho dele basta fazer o mesmo comando trocando de 1G para o tamanho que você quiser … digamos 10G

  2. admin on October 27th, 2011 3:52 am

    Para fazer um snapshot utilize o exemplo do abaixo

    # dd of=CentOS5.iso.vol201110261712 if=./CentOS5.iso

  3. admin on November 10th, 2011 12:04 pm

    Para aumentar o espaço disponível faça o seguinte:

    1. Pare a máquina virtual que está utilizando o arquivo de image

    2. Adicione espaço a mais no arquivo de imagem com o comando:
    # dd if=/dev/zero bs=1024k count=1024 >> loop_image_file
    ** Adicione quantos GB a mais você quizer só trocando a quantidade de count a mais no final do arquivo.
    ** Cuidar para utilizar “>>” ao invés de “>” do contrário você perde o HD virtual inteiro;

    3. Recomendo que faça uma checagem no arquivo incrementado
    # e2fsck -f loop_image_file

    4. Aplique a formatação (com o comando abaixo a tabela de arquivos dentro do HD virtual já é atualizada para o novo tamanho)
    # resize2fs loop_image_file

    5. Re-inicialize sua máquina virtual.

    PSs …
    ** Este procedimento é funcional para alterar arquivos de imagem desmontados, caso precise de algo “on the fly” é necessário inclusive identificar se seu sistema de Journaling está funcional.
    ** Recomendo fazer um snapshot do disco antes de executar o procedimento.
    ** Trocar o loop_image_file para o nome correto do arquivo nos comandos acima;

  4. perder barriga on February 20th, 2013 9:02 am

    Have you ever thought about including a little
    bit more than just your articles? I mean, what you say is valuable and everything.
    However think about if you added some great images or video clips to give your posts
    more, “pop”! Your content is excellent but with pics and clips, this blog could
    certainly be one of the most beneficial in its field.
    Very good blog!

Leave a Reply






Últimos posts