A Síndrome de Burnout e a qualidade de vida no ambiente de trabalho

Author: Sara Silva - Postado em: 02/12/2013
Relacionado as categorias: Diversos |  





Burnout esgota os profissionais

Para quem ainda não ouviu falar, a Síndrome de Burnout é um distúrbio psíquico decorrente de um esgotamento físico e mental causado pelo excesso de trabalho, ou do estresse no ambiente de trabalho.

É muito comum em programadores que estão trabalhando em ambientes nocivos à produtividade, onde os limites com relação a prazos são extremamente rígidos e principalmente onde o ambiente não é favorável à interação dos funcionários entre si.

Essa doença pode acarretar em perdas, tanto para o empregado quanto para o empregador, portanto é muito importante, caso o seu ambiente de trabalho seja favorável ao estresse, conversar com seus superiores sobre o assunto e tentar achar juntos uma solução para a qualidade de vida no trabalho.

Algumas das ações que podem ser implantadas encontram-se relacionadas a seguir:

Uso e desenvolvimento de capacidades

• Aproveitamento das habilidades;

• Autonomia na atividade desenvolvida;

• Percepção do significado do trabalho.

Integração social e interna

• Ausência de preconceitos;

• Criação de áreas comuns para integração dos servidores;

• Relacionamentos interpessoais;

• Senso comunitário.

Respeito à legislação

• Liberdade de expressão;

• Privacidade pessoal;

• Tratamento imparcial.

Condições de segurança e saúde no trabalho

• Acesso para portadores de deficiência física;

• Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA;

• Controle da jornada de trabalho;

• Ergonomia: equipamentos e mobiliário;

• Ginástica laboral e outras atividades;

• Grupos de apoio anti-tabagismo, alcoolismo, drogas e neuroses diversas;

• Orientação nutricional;

• Salubridade dos ambientes;

• Saúde Ocupacional.

Fica a dica! Cuide-se antes que seja tarde!













Comments

3 Responses to “A Síndrome de Burnout e a qualidade de vida no ambiente de trabalho”

  1. Colch on December 31st, 2014 11:50 am

    Ai nem me diga de nervoso e estresse, passei por situa

  2. Minhas dores on January 1st, 2015 11:11 am

    No meu caso o que me deixou injuriada foi uma pequena protus

  3. Obrigado Quiropraxia on January 1st, 2015 1:48 pm

    Que dureza… Ent

Leave a Reply






Últimos posts